Capitão Alberto Capitão Alberto Neto pede que Ministério da Saúde proíba o uso de código que classifica velhice como doença no Brasil

TRADUÇÃO

ACESSIBILIDADE A- A A+

NOTÍCIAS DO CAPITÃO

Um Amazonas Mais Seguro!

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Política

15/07/2021

Capitão Alberto Neto pede que Ministério da Saúde proíba o uso de código que classifica velhice como doença no Brasil

O deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos), vice-líder do Governo Bolsonaro, enviou um requerimento de indicação ao Ministério da Saúde, requisitando a proibição do uso da nova versão da Classificação Internacional de Doenças, da Organização Mundial de Saúde, que passa a tratar a velhice como uma doença. 

“A velhice não é uma doença, é uma condição natural do ser humano. Se este novo código for adotado no Brasil poderá dificultar a criação de políticas públicas para este público, além de prejudicar as investigações das causas de morte de idosos”, explicou o parlamentar. 

A ideia é endossada por diversos especialistas e deputados que compõem a Comissão da Pessoa Idosa, da Câmara dos Deputados. Durante uma audiência, realizada nesta quinta-feira (15), o grupo pediu que a Organização reveja esta mudança. 

De acordo com a OMS, a classificação (CDI) é um conjunto de 55 mil códigos utilizados por profissionais de saúde, pesquisadores e especialistas. A mudança altera o código R-54, cujo termo é “senilidade” pelo código MG2A, com o termo “old age”, que significa velhice. 
 


POR: CAPITÃO ALBERTO


MAIS NOTÍCIAS

NAS REDES SOCIAIS

Nossas Redes Sociais

Nosso WhatsApp

92 98403-2106

REPRESENTAÇÃO AMAZONAS

R. Ernesto Pinto Filho - Parque Dez de Novembro

Fone: (92) 98403-2106 / 99268-9147

E-mail: assessoria@capitaoalbertoneto.com.br

GABINETE BRASÍLIA DF

Câmara dos Deputados Anexo IV - Gabinete 540 - CEP: 70160-900

Fone: (61) 3215-5933 | Fax: (61) 3215-2540

E-mail: gabinete@capitaoalbertoneto.com.br